generic cialis 20mg
canadian online pharmacy rx
canadian online pharmacy lowest prices
canadian online pharmacy no prescription needed

Notícias PV

Versão para impressão
PDF
21
Jan

Mais de 3.000 consumidores passaram a ser produtores de electricidade em 2015

. Posted in Notícias

Mais_de_3.000_consumidores_passaram_a_ser_produtores_de_electricidade_em_2015Mais de 3.000 consumidores passaram a ser produtores de electricidade em 2015, tendo a maioria optado por instalações de produção em auto-consumo com capacidade inferior a 1,5kW, o que significa até seis painéis fotovoltaicos.

Segundo os dados relativos ao autoconsumo da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), entre Março e Novembro foi comunicada a instalação de 2.929 equipamentos de produção de electricidade com potência inferior a 1,5kW, totalizando uma potência instalada de 2.521kW.
 
Em vigor há um ano, o novo regime de produção de electricidade em auto-consumo passou a permitir a utilização da energia produzida para consumo próprio, exigindo apenas uma comunicação prévia no caso de painéis entre os 200W a 1,5kW, desde que o consumidor não pretenda injcetar energia na rede.
 
Quase metade das 2.929 comunicações foram feitas nos meses de Julho e de agosto, com 753 e 621 respectivamente, tendo em Setembro decrescido para 280 comunicações prévias à DGEG para instalação de equipamentos para produção em regime de autoconsumo, fazendo coincidir o investimento com os meses com mais sol.
 
Os consumidores que quiserem instalar um painel fotovoltaico até 200 watts não têm sequer que avisar previamente as entidades reguladoras, o que deixa este universo fora das estatísticas.

Fonte: Jornal de Negócios

Versão para impressão
PDF
11
Mar

Autoconsumo já em vigor, mas pouco

. Posted in Notícias

O sector aguarda o lançamento da plataforma electrónica de registo para que o autoconsumo possa, finalmente, arrancar do papel e dar uma nova dinâmica ao mercado do fotovoltaico nacional. Em paralelo, a tutela prepara os primeiros concursos ao abrigo do novo quadro comunitário, nos quais o autoconsumo será elegível a co-financiamento, desde que inserido em projectos mais abrangentes de eficiência energética.

A entrada em vigor foi feita, oficialmente, em Janeiro, mas a verdade é que o Decreto-Lei que regula o autoconsumo ainda não tem condições para passar à prática. Do lado do Governo, faltam regulamentos técnicos e, sobretudo, o portal de registo que permite a inscrição de unidades de produção para o autoconsumo (UPAC). Do lado do mercado, falta adaptação a um novo conceito de energia, a novas regras para a mini e microprodução - agora fundidas no regime de pequena produção distribuída - e a novas regras de financiamento comunitário para o quadro 2014-2020.

O sector fotovoltaico está a mudar, mas os impactos apenas serão visíveis daqui a uns anos, antecipam as associações nacionais.

Fonte: Edifícios e Energia

Versão para impressão
PDF
02
Dez

Fotovoltaico: sector europeu pede consistência regulatória

. Posted in Notícias

Fotovoltaico_sector_europeu_pede_consistncia_regulatria“Um quadro regulatório justo e consistente” a nível europeu é o pedido de dezassete associações nacionais do sector fotovoltaico, a que se junta também a EPIA – Associação Europeia da Indústria Fotovoltaica. Através de uma declaração conjunta à Comissão Europeia, divulgada segunda-feira, as entidades criticam as mudanças regulatórias com efeitos retroactivos nos investimentos renováveis, implementadas em vários Estados-Membros.

Fonte: Edifícios e Energia

Versão para impressão
PDF
13
Maio

O mercado fotovoltaico e da produção de energia elétrica estão em plena mudança

. Posted in Notícias

Um novo paradigma avizinha-se com o surgimento do autoconsumo de eletricidade, ou seja, vamos poder produzir e consumir a nossa própria eletricidade.

As soluções que utilizem os painéis fotovoltaicos serão as que terão a melhor integração em sistemas de autoconsumo, caso o consumo seja predominantemente de dia. Nestas circunstâncias vai ser possível reduzir para metade, no mínimo, a nossa fatura de eletricidade, com a possibilidade de se potenciar a poupança, caso se desloquem os consumos para as horas de maior radiação solar. Outra vantagem da tecnologia fotovoltaica está na orientação dos painéis, pois esta também pode ser ajustada ao perfil de consumo do produtor e, assim, melhorar o desempenho de todo o sistema, bem como conseguir reduzir custos finais da instalação. Temos então de encarar esta mudança como uma oportunidade, e fazer renascer este setor, que nos últimos anos tem dado mostras de muita evolução e fiabilidade.

Fonte: Renováveis Magazine

Versão para impressão
PDF
02
Abr

Demora na legislação para o autoconsumo inquieta sector

. Posted in Notícias

Demora_na_legislao_para_o_autoconsumo_inquieta_sectorAs empresas do sector fotovoltaico nacional estão impacientes. A juntar a uma difícil conjuntura económica e à redução esperada das tarifas remuneratórias, a demora na publicação da legislação para o autoconsumo adia uma possível oportunidade de recuperação do sector.

O decreto-lei para o autoconsumo deve ser conhecido brevemente. A Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG) garante que este está a ser ultimado e a fase de circulação “ocorrerá dentro de poucos meses”. Enquanto isso, o sector espera por uma alternativa capaz de reanimar as vendas, e desespera com as possibilidades de introdução de uma taxa ao autoconsumo. Em causa está a possibilidade de uma compensação da tarifa de acesso à rede que, alerta a Associação Portuguesa da Indústria Solar – APISOLAR, pode ser interpretada como “uma taxa sobre a utilização do sol, vento ou água, ou mesmo um novo imposto destinado a manter os custos de acesso à rede a todos aqueles que no seu relacionamento com a rede continuam a ser apenas consumidores”. Para o vice-presidente para o fotovoltaico, João Carvalho, “a decisão sobre a aplicação de uma taxa de compensação da tarifa de acesso à rede deverá merecer uma forte ponderação política”.

Fonte: Edifícios e Energia

FacebookTwitterLinkedin

Apisolar

CALENDÁRIO EVENTOS

Outubro 2017
D S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

Galeria Associados

galeria

Novo Associado

         helexia

Contacte -nos

APISOLAR - Associação Portuguesa da Indústria Solar


Travessa dos Inglesinhos nº 52, r/c sala 3
1200 – 223 Lisboa


GPS (38°42'46.0"N 9°08'47.1"W)


Tel.: (+351) 910 309 010

Email: apisolar@apisolar.pt