Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 423

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 423

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/libraries/joomla/session/session.php on line 426

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/plugins/system/jfrouter.php on line 316

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/plugins/system/jfrouter.php on line 317

Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/api2011a/public_html/index.php:1) in /home/api2011a/public_html/plugins/system/jfrouter.php on line 318
APISOLAR - FEE: "Pouco dinheiro para muitas medidas"
generic cialis 20mg
canadian online pharmacy rx
canadian online pharmacy lowest prices
canadian online pharmacy no prescription needed
Versão para impressão
PDF

FEE: "Pouco dinheiro para muitas medidas"

FEE_Pouco_dinheiro_para_muitas_medidasO Fundo de Eficiência Energética (FEE) acaba de abrir um novo aviso para apoiar a implementação de medidas de eficiência energética nos edifícios no sector residencial e de serviços. Ao todo, são 1,1 milhões de euros que vão apoiar até 60 % a aquisição de sistemas solares térmicos, janelas eficientes, melhoria do isolamento térmico e iluminação eficiente (exclusivo para os serviços). A notícia é boa para estes mercados, mas a dotação orçamental continua a ser apontada como curta, em particular face às várias medidas a apoiar.

“Este Aviso 20 será certamente muito bem recebido e utilizado pelos profissionais do sector, pese embora o montante disponível ser aproximadamente metade do disponibilizado há quatro anos (2 milhões) e o âmbito deste Aviso 20 ser muito mais amplo e abrangente tanto nos beneficiários (agora Pessoas Singulares com 50% e Pessoas Colectivas também 50%) como nos sectores que abarca (Solar térmico, caldeiras condensação, bombas de calor, janelas, isolamento ou iluminação), o que pode indiciar uma maior dispersão”, analisa o vice-presidente da APISOLAR, Victor Júlio. Apesar de lamentar o intervalo de tempo desde o lançamento do último incentivo ao sector, o responsável destaca o facto de estarmos perante um “apoio mais significativo”, na ordem dos 60 % para as pessoas singulares, “o que torna a medida muito apelativa para as famílias ainda mais dentro de uma realidade que se tem verificado pouco entusiasmante para o investimento como a que vivemos”.

“Lamentamos que, novamente, as associações não tenham sido consultadas antes do lançamento do aviso, mas confiamos que se tenha aprendido com os erros de 2012 e que o processo de candidatura e submissão de proposta seja agora célere e simplificado, permitindo que as empresas utilizem o seu precioso tempo na promoção e venda dos sistemas, em vez de o gastar no preenchimento de formulários e uploads repetitivos e extremamente morosos”, expressa o porta-voz da energia solar térmica.

Fonte: Edifícios e Energia

Também a ANFAJE – Associação Nacional dos Fabricantes de Janelas Eficientes “se congratula com o facto de existirem novos avisos do FEE”, apontando a medida como “extremamente positiva”. Todavia, nem por isso João Ferreira Gomes, presidente da associação, deixa de chamar a atenção para alguns “motivos de preocupação” – “Os presentes avisos são insuficientes em termos de dotação orçamental para abarcar diversos tipos de medidas elegíveis”, lamenta.


O sector das janelas está convicto de que é preciso uma nova fórmula para este tipo de medidas, sublinhando a necessidade de uma “estrutura de gestão mais ágil, capaz de compreender as necessidades e modelos de negócio de cada um dos sectores de actividade”. Por último, João Ferreira Gomes realça que as medidas devem estar apoiadas em fortes campanhas de promoção e informação junto das empresas dos vários sectores e junto dos beneficiários.

“A ANFAJE continuará a trabalhar no sentido de conseguirmos ter em Portugal medidas activas para a melhoria da eficiência energética dos edifícios portugueses. Medidas que sejam encaradas como uma estratégia de crescimento da economia portuguesa para os próximos anos e não apoios a fundo perdido”, afirma.

Ainda que o montante não seja o desejável pelos sectores, as expectativas positivas ganham maior dimensão quando se espera que, até ao final do ano, entre também em vigor o Programa Casa Eficiente, com os 100 milhões de euros para medidas de reabilitação energética, entre elas a instalação de solar térmico e de janelas eficientes.

“São boas notícias que se somam às boas perspectivas que temos para o também recente programa Casa Eficiente, do qual ainda esperamos (e provavelmente já só para depois das férias) novidades”, avança Victor Júlio.

O Aviso 20 – Edifícios Eficientes traz ao mercado 1,1 milhões de euros, que serão divididos em duas partes iguais, entre os edifícios residenciais e de serviços. As candidaturas abriram no passado sábado (8 de Julho) e prolongam-se até 8 de Novembro.

Fonte: Edifícios e Energia

FacebookTwitterLinkedin

Apisolar

CALENDÁRIO EVENTOS

Dezembro 2017
D S
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Galeria Associados

galeria

Novo Associado

         helexia

Contacte -nos

APISOLAR - Associação Portuguesa da Indústria Solar


Travessa dos Inglesinhos nº 52, r/c sala 3
1200 – 223 Lisboa


GPS (38°42'46.0"N 9°08'47.1"W)


Tel.: (+351) 910 309 010

Email: apisolar@apisolar.pt