generic cialis 20mg
canadian online pharmacy rx
canadian online pharmacy lowest prices
canadian online pharmacy no prescription needed
Versão para impressão
PDF

Historial

O embrião da APISOLAR existiu, no final dos anos 80, com o Departamento de Empresas na SPES - Sociedade Portuguesa de Energia Solar,

O Departamento de Empresas, da SPES, dinamizada pelos representantes das empresas com maior peso no mercado solar nacional, teve uma infância e adolescência algo atribulada em virtude de alguns dos membros dinamizadores terem também cargos na Direcção da SPES, no corpo editorial da Revista da SPES e na organização de eventos e feiras como a FILSOL.

A dualidade de funções dos membros dinamizadores acrescidas às obrigações profissionais levou a um certo abrandamento do empenho dos elementos dinamizadores ficando no entanto clara a utilidade e necessidade da existência de uma estrutura autónoma que representasse os interesses da indústria junto dos organismos oficiais e fosse a estrutura aglutinadora de todos os profissionais do sector.

Movidos por aquele desejo, os elementos dinamizadores do Departamento de Empresas da SPES juntamente com o apoio logístico do extinto CCE - Centro para a Conservação de Energia, actual ADENE - Agência para a Energia, organizaram com a SPES uma reunião entre algumas empresas do sector e com os representantes da ESIF (European Solar Industrial Federation), actual ESTIF (European Solar Thermal Industry Federation) para se dar inicio à nossa Associação.

Em meados dos anos 90 e após diversos contactos e reuniões paralelamente em vários avanços e recuos, conseguiu-se consenso sobre os estatutos e regulamento interno, sendo nomeada a Comissão Instaladora que ficaria encarregue do registo e demais procedimentos legais.

A escritura da APISOLAR é então realizada no dia 5 de Fevereiro de 1998 pela Comissão Instaladora, José Fonseca Carvalho, sócio-gerente da JOCA – Metalomecânica, Lda., Adelino Ferreira de Sousa, empresário a título individual, e João Correia de Oliveira, sócio-gerente da AO SOL – Energias Renováveis, Lda. Desta feita, a APISOLAR constitui-se formalmente como Associação pelos sócios fundadores Adelino Ferreira de Sousa, AO SOL – Energias Renováveis, Lda., Centro para a Conservação de Energia, Electro Reparadora Gomes & Oliveira, Lda., FALCONER – Importação e Exportação, Lda., FOGÃO SOL – Sociedade de Equipamento de Aquecimento e Aproveitamento de Energia Solar, Lda., HIPERCLIMA – Central de Distribuição Térmica de Portugal, S.A., JOCA – Metalomecânica, Lda. e SPES – Sociedade Portuguesa de Energia Solar.

 

almoo joca 

Almoço na empresa JOCA Metalomecânica, Lda no Prior Velho 05/11/1998.

Da esquerda para a direita: Engº Assunção (Joca), Engº João Correia de Oliveira (AO SOL), Sr. Policarpo Simões (Solarinox), Dr. Jose Carvalho


Apoiada por um número extremamente reduzidode sócios - que contribuíssem com o seu tempo e trabalho - a APISOLAR viveu os primeiros 7 anos, inicialmente com a sua sede e locais de trabalho nas empresas; FALCONER, JOCA, AO SOL e DIGAL, limitando a sua actividade quase exclusivamente em manter a chama Solar acesa junto dos Organismos Oficiais Nacionais e representar a APISOLAR nos Organismos Internacionais, nomeadamente na ESTIF e EPIA.

Apesar da estrutura organizativa e operacional da APISOLAR estar nessa altura reduzida a dois sócios, Eng.º Manuel Gonçalves Neves e Eng.º João Oliveira, fez-se representar e actuar dinamicamente em todo o processo Iniciativa Publica “Agua Quente Solar para Portugal” reforçando não só a posição da APISOLAR como elemento activo no mercado como ajudou e contribuiu para o estabelecimento das regras iniciais do mercado do Solar Térmico em Portugal ao nível da certificação de equipamentos e instaladores e clarificação das regras de arte.

Em Outubro de 2005, a APISOLAR esteve na eminência de ser extinta, caso não se tornasse uma Associação verdadeiramente profissional e a funcionar como tal, pois os dois sócios não estariam dispostos a continuar a trabalhar por “carolice” desde a sua fundação, tendo o Presidente, Eng.º João Correia de Oliveira da AO SOL e o Tesoureiro, Eng.º Manuel Gonçalves Neves representante da DIGAL, colocado os seus lugares à disposição.
Apareceram duas listas, que demonstraram que de facto esta Associação precisava de se manter viva! Pelo interesse que tem para o sector.

Seguiu-se uma nova fase com o mandato de Carlos Campos como Presidente da Direcção que além de ter mantido e acrescentado valor nos contactos com os Órgãos Oficiais Nacional e Internacionais relançou a APISOLAR junto da comunidade solar Portuguesa elevando o numero de sócios inscritos e em 2008, pela primeira vez ter conseguido dois factores que serão a quilha que desbravará o caminho para o futuro crescimento e novas etapas da APISOLAR: uma sede e uma colaboradora a tempo integral.

Com as eleições a 27 de Setembro de 2010, a nova equipa liderada pela Dra. Maria João Rodrigues veio implementar a profissionalização da APISOLAR, situação há muito almejada pelos Associados e exigida pela dimensão do sector.

Com uma nova sede no centro da cidade de Lisboa e dois colaboradores em permanência auguram-se dias de forte desenvolvimento para esta Associação.

 

 

 

FacebookTwitterLinkedin

Apisolar

CALENDÁRIO EVENTOS

Outubro 2017
D S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

Galeria Associados

galeria

Novo Associado

         helexia

Contacte -nos

APISOLAR - Associação Portuguesa da Indústria Solar


Travessa dos Inglesinhos nº 52, r/c sala 3
1200 – 223 Lisboa


GPS (38°42'46.0"N 9°08'47.1"W)


Tel.: (+351) 910 309 010

Email: apisolar@apisolar.pt